Notícias

RAFAEL FERNANDES | Um goleiro pegador de pênaltis a serviço da categoria sub-15 do São Paulo

Categoria: Notícias, Rafael Fernandes
Divulgação | Kokka Sports

Pegar penalidades não pode ser a única virtude de um goleiro, até porque esta circunstância não aparece com regularidade nas partidas de futebol. No entanto, quando uma competição conta com jogos eliminatórios, ter no grupo um atleta com esta especialidade pode ser de grande relevância.

Na Copa do Mundo da FIFA 2014, realizada no Brasil, nós tivemos uma decisão ousada envolvendo um goleiro especialista em penalidades.  o técnico da Holanda, Louis van Gaal, mandou a campo o reserva Tim Krul a menos de um minuto do final da prorrogação da partida em que a Holanda empatou em 0 a 0 com a Costa Rica, pelas quartas de final do torneio. A estratégia deu resultado. Na decisão por pênaltis, Krul defendeu duas cobranças e foi fundamental para levar a Holanda às semifinais do Mundial.

Rafael de Lacerda Fernandes, um dos goleiros do elenco sub-15 são-paulino vem se notabilizando por sistemáticas e repetidas defesas ao longo da curta trajetória como arqueiro –  já são dez em menos de três anos.

Às vésperas da convocação para a Copa Brasil sub-15, também conhecida como Copa Votorantim, o jovem atleta aguarda ansiosamente que seu nome esteja entre os relacionados e conta com esta fama de pegador de pênaltis para quem sabe fazer a diferença.

- Quero muito jogar esta competição. Venho treinando bem, estou confiante que meu nome possa estar entre os 20. Posso oferecer muito mais do que só pegar penalidades, mas com certeza esta característica pode ser importante – disse. 

Desde 2011, quando ainda defendia o Grêmio FBPA, Rafael de Lacerda Fernandes acumula 10 defesas importantes. A mais recente foi no próprio São Paulo, em maio do ano passado, em amistoso contra a Seleção de Flora Rica, município que fica a 650 quilômetros da capital.

Clique no vídeo e assista à defesa de Rafael Fernandes com a camisa do tricolor paulista

Confira a lista das outras nove defesas realizadas desde julho de 2011, quando o atleta tinha apenas 11 anos. 

* Campeão do XVII TORNEIO DA AMIZADE Sub-12 – Taquari/RS (outubro/2012). Grêmio FBPA. Defendeu uma penalidade na decisão.

* Campeão, Goleiro menos vazado e Destaque da 1ª COPA DEGAFUT Sub-11 – Novo Hamburgo/RS (Julho/2012). Grêmio FBPA. Defendeu dois pênaltis na decisão e dois nas quartas de final.

* 4º lugar – 4ª COPA INTERNACIONAL DE VACARIA Sub-13 – Vacaria/RS (jan/2012). Grêmio FBPA. Defendeu uma penalidade.

* 3º lugar – 1ª COPA BIGUAÇÚ Sub-11 – Biguaçu/SC (dez/2011). Grêmio FBPA. Duas penalidades defendidas.

* Vice-campeão – 2ª COPA RIO BONITO DO IGUAÇÚ – Rio Bonito do Iguaçu/PR (Julho/2011).  Grêmio FBPA. Defendeu uma penalidade na decisão.

O São Paulo é tetracampeão da Copa Brasil sub-15 e nas duas últimas edições sagrou-se campeão justamente nas penalidades máximas. Em 2013 empatou com o Bahia em 1 a 1 no tempo normal e venceu por 4 a 2 nos pênaltis. Em 2014, novamente o triunfo veio nas penalidades. Depois de um 0 a 0 no tempo regulamentar, o Tricolor derrotou o Corinthians por 5 a 4 nas cobranças da marca da cal. Portanto, se os adversários quiserem tirar a hegemonia do São Paulo, é bom não deixar a decisão ir para as penalidades.

Legenda da foto: Desde os 11 anos Rafael já pegava penalidades em decisões. 
Crédito: Divulgação | Kokka Sports

Voltar