Notícias

RAFAEL FERNANDES | Atletas sub-14 do São Paulo aprendem a surfar no Guarujá

Categoria: Notícias, Rafael Fernandes
Rubens Chiri

Nas categorias de base do São Paulo Futebol Clube, o esporte nas ondas serve como complemento à preparação da garotada que está iniciando. Na última quinta-feira (26), 53 meninos da categoria sub-14 do Tricolor paulista participaram de aulas de surfe na Escola do Pirata, na Praia de Pitangueiras, no Guarujá, em São Paulo. Além de aprenderem a ficar em pé na prancha, conheceram um novo universo do esporte, os jogadores também tiveram atividades na areia, incluindo o futebol, é claro.

A iniciativa faz parte do Projeto Superação, do clube são-paulino, e a história de vida de Pirata foi o ponto culminante. Surfista desde os oito anos de idade, Alcino Neto teve a perna esquerda amputada, após um acidente de moto. Hoje, aos 40 anos, ele é destaque do surfe adaptado (pegando ondas com e sem prótese) e um exemplo de superação. Pirata ainda comanda um projeto, oferecendo aulas de surfe e buscando a inserção social para crianças carentes. Além das aulas no mar, os atletas assistiram a uma palestra motivacional com o próprio Pirata.

Com todo o acompanhamento psicológico e social do Clube, a ação teve como objetivo usar o surfe como ferramenta para desenvolvimento de equilíbrio, concentração, conhecimento do corpo e, acima de tudo, superação.

A coordenadora técnica do setor social do futebol de Base do Tricolor, Mariana Grassia, falou sobre a importância do exemplo de Pirata na vida destes jovens atletas. “A história de superação dele chega muito próximo à vida dos meninos, dos atletas do futebol. Outra pessoa talvez não tivesse a atitude que ele teve, diante da adversidade, de se tornar o profissional que é hoje. E isso mostra que basta você querer. Se tiverem a vontade e o empenho para estarem no profissional, vai depender deles. Todos são amigos, mas ao mesmo tempo são concorrentes e cada um tem de ter dentro de si aquilo que quer para a vida e se superar”, orientou.

O goleiro Rafael nunca havia surfado, foi a primeira vez. Mas o que mais chamou a atenção do goleiro sub-14 do São Paulo foi realmente a superação de Pirata. “É emocionante ver que mesmo sem uma perna ele consegue continuar fazendo aquilo que gosta, que é surfar. É um grande exemplo para todos nós”, falou.

Clique aqui e assista ao vídeo feito pela São Paulo TV

Crédito da foto: Rubens Chiri | saopaulofc.net

 

Voltar