Notícias

ANDRÉ JARDINE | Finalista da Copa do Brasil e do Paulistão, técnico acumula seis finais com o sub-20 do São Paulo

Categoria: André Jardine, Notícias
Jardine-1024x682

A equipe de juniores do São Paulo Futebol Clube, do técnico André Jardine, acaba de garantir lugar na final da Copa do Brasil e do Campeonato Paulista da categoria. Na competição estadual, o adversário da grande decisão será o Capivariano, que eliminou o Palmeiras. No torneio nacional, o duelo pelo título será contra o Bahia. Desde que chegou ao Tricolor Paulista, em fevereiro de 2015, esta é a sexta final de Jardine, em nove participações. Nas quatro finais anteriores, ganhou todas: Copa Ouro, Copa RS (espécie de Campeonato Brasileiro da categoria), Copa do Brasil e Copa Libertadores. Todos títulos inéditos para o clube.

As finais do Campeonato Paulista serão dias 27/11 e 04/12. O São Paulo realiza a primeira partida em casa, no CT Laudo Natel, em Cotia, e decide fora, em Capivari. A equipe do técnico André Jardine terminou a primeira fase do torneio como a melhor entre as grandes e, também, com o ataque mais efetivo, com 69 gols em 20 partidas. O Tricolor não conquista o título do Paulistão desde 2011. E a última vez que chegou à decisão foi em 2012. Aquelas foram as duas únicas finais nos últimos 14 anos.

Já as partidas da grande final da Copa do Brasil ocorrem dias 24/11 e 1º/12. O jogo de ida será no Morumbi e a grande decisão será em Salvador. O Tricolor busca o bicampeonato, já que é o atual campeão. A campanha invicta do São Paulo de Jardine na Copa do Brasil contabiliza seis vitórias e um empate, dezessete gols marcados e apenas um sofrido. Para chegar à final, o time são-paulino eliminou Sampaio Corrêa, Náutico, Criciúma e Sport. A equipe baiana derrubou Paysandu, Fluminense, Inter e Cruzeiro.

Neste momento decisivo, Jardine conclama o torcedor e pede, no mínimo, 10 mil torcedores no Morumbi, na primeira partida da final da Copa do Brasil, que terá entrada franca.

“Quando jogamos decisões fora de casa, acabamos encontrando estádios com torcedores adversários apoiando, torcidas numerosas, e realmente esperamos essa resposta também da torcida do São Paulo. Nossa molecada está representando muito bem a camisa e merece esse apoio nessa hora importante. Gostaria de ver, pelo menos, 10 mil torcedores nos empurrando na primeira partida da final”, pediu o treinador.

Crédito da foto: Fernando Dantas / Gazeta Press

Voltar